Produção Fonográfica

O tecnólogo em Produção Fonográfica atua em todas as etapas do processo de produção de áudio: pré-produção, gravação, edição, mixagem e masterização, operação de som, divulgação e distribuição do produto final. Domina tecnologias de gravação e produção de áudio para todas as mídias existentes e opera equipamentos de som em estúdios de gravação, rádio, TV e live PA. O curso de Produção Fonográfica das Faculdades Integradas Barros Melo vem abastecer este mercado de trabalho, sendo o primeiro curso específico de formação superior para profissionais técnicos da Região.

O profissional de Produção Fonográfica atua na criação e edição de vinhetas, trilhas, sound effects e conteúdo musical para CDs, DVDs, comerciais, filmes e games. Os formados também podem exercer como sonoplastas e operadores de áudio de emissoras de rádio e TV; DJs; editores de áudio e vídeo de produtoras independentes; responsáveis por estúdios de jingles, ensaios e gravações de bandas e artistas;

A ótima infraestrutura é um diferencial da FIBAM. A faculdade conta com laboratórios de informática, estúdios de rádio, televisão, fotografia, animação digital, ateliês de artes plásticas, laboratórios de impressos, entre outros. As salas de aula são equipadas com datashow e equipamentos de TV.

Reconhecido- Portaria SETEC nº 13 de 02/03/2012, publicada no D.O.U. em 06/03/2012 
Expandir Texto
A Barros Melo realiza frequentemente seminários e debates gratuitos com personalidades e profissionais do mercado. A Barros Melo também tem uma parceria com o maior festival de música independente do País, o Abril Pro Rock, que produziu o Festival Microfonia juntamente com a Barros Melo. O fruto da parceria também propicia aos alunos diversas palestras sobre temas ligados à produção musical . Os estúdios Fábrica, Carranca e Mr. Mouse também atuam junto à Barros Melo. Os alunos da instituição também colocam todo o conhecimento de sala de aula nos Festivais Jack Daniels e Coquetel Molotov

A faculdade mantém uma Central de Estágios (CEA) que, em convênio com mais de 600 empresas locais, viabiliza a inserção do aluno no mercado de trabalho. Entre outros objetivos, a Central coloca o estudante em contato direto com situações concretas da vida profissional. Os anúncios de vagas de estágio nas empresas conveniadas são divulgados no quadro de avisos das salas de aula e espalhados pela IES. 

A instituição conta ainda com o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic). Este programa é voltado ao desenvolvimento do pensamento científico e à iniciação à pesquisa dos alunos. Ainda no incentivo à pesquisa, a Barros Melo disponibiliza a Revista Pense Virtual - material de divulgação dos artigos acadêmicos produzidos pelos alunos.  Ainda na área acadêmica, a AESO-Barros Melo também oferta diversos Grupos de Estudos que pesquisam temas atuais e interdisciplinares.
>> Acústica
>> Audiovisual
>> Conexões e Montagem de Sistemas de Sonorização
>> Elaboração de Projetos e Desenvolvimento de Produtos Culturais
>> Eletricidade e Eletrônica
>> História da Música
>> Música Eletrônica - Programação e Síntese de Som
>> Oficina de Produção de Eventos
>> Percepção Frequencial
>> Percepção Harmônica
>> Percepção Melódica
>> Percepção Rítmica
>> Prática de Produção Fonográfica
>> Produção, Divulgação e Distribuição de Música na Internet
>> Produção e Indústria Fonográfica
>> Sonorização e Efeitos de som para Vídeo e Cinema
>> Técnicas de Gravação
>> Teoria e Harmonia Musical
>> Workstations Digitais
>> Libras (optativa)

Mensalidade

Até dia o 05 de cada mês,R$ 790,60. Após dia o 05, R$ 859,36.

Duração

5 semestres

Vagas

80