Professor Valdir Oliveira lança livro infantil com versões em áudio e impressa


Rádio, TV e Internet
janeiro. 19, 2017

Versão em áudio contou com alunos e ex-alunos na locução, produção e revisão de roteiro

No dia 22 de janeiro chega às livrarias o décimo livro do professor das Faculdades Integradas Barros Melo-AESO, Valdir Oliveira. A publicação é a terceira do autor voltada para o público infantil. "Cidade dos Karianthos" é um romance para crianças e jovens, com versão impressa e também em áudio. Vinte e cinco atores participam do audiolivro, alguns deles são alunos, ex-alunos e também professores da AESO-Barros Melo. As gravações aconteceram de maio a outubro de 2016 no Estúdio de Áudio da instituição. O lançamento é às 17h, no Museu Afro-Brasil Rolando Toro, no Bairro do Recife.

"Cidade dos Karianthos" tem como personagem central Kauy, que conduz a história narrando a jornada até o local em primeira pessoa. O que motiva Kauy a seguir na viagem é a expectativa de encontrar seus pais que ainda estariam vivos, mas não em formas humanas. Um mistério que ele só poderá desvendar na companhia de Luane que o acompanha numa aventura de amor e de muito perigo em dois mundos completamente diferentes: o real e contemporâneo e o fantástico caminho da misteriosa Cidade dos Karianthos.

A versão sonora do livro tem como público alvo principalmente crianças, adolescentes e jovens com deficiência visual. É uma forma de possibilitar que a obra alcance esse seguimento da população através da distribuição em entidades de deficientes visuais de Pernambuco. Participaram das gravações o também professor da Barros Melo, Marcos Araújo, os alunos Evillyn Cavalcanti (além de locução, produção), Melissa Baraúna, Luiz Bringel, Xande Batista, Marcelo Trigo, Diórgenes Mariano, Leokarcio Cavalcanti, Monicky Lauriano, Carla Hanelly e Victor Moury e a ex-aluna Tauana Uchôa (revisão de roteiro).

O desenho de som (sound design) ficou a cargo de Fábio Barros, técnico do Estúdio de Áudio, formado em Produção Fonográfica na instituição, responsável pela gravação, produção de Foley (efeitos sonoros) e inserção de trilhas que dão ao audiolivro uma linguagem específica, assemelhando-se  a um filme em versão apenas sonora. Ele também compôs algumas músicas, além de Saulo Santos e da Nômade Orquestra, de São Paulo, que disponibilizou a música Vênus para a trilha.

aeso - barros melo - Rádio Tv e Internet - lançamento - audiolivro -

voltar