AESO - Faculdades Integradas Barros Melo

Fórum discute o futuro da música



Em clima de tantos programas musicais com nível de qualidade irrepreensível, Olinda recebe, sábado e domingo, uma versão compacta do Acorde Brasileiro: Encontro Nacional das Músicas Regionais, realizado por duas vezes em Porto Alegre. Batizado em sua versão local de Pré-Acorde Brasileiro, o evento leva para o cineteatro da Faculdades Integradas Barros Melo/Aeso palestras e debates com a presença de especialistas em direito autoral, distribuição, educação musical e cadeias produtivas. Os dois dias são encerrados com apresentações musicais. Para compor as mesas com profissionais do mercado local, que atuam como debatedores e mediadores, o Pré-Acorde convidou o diretor da produtora e gravadora Núcleo Contemporâneo e curador de música do Mercado Cultural da Bahia, Benjamin Taubkin, o coordenador de Cultura e Educação do Sesc-RS, Sílvio Bento, o vice-presidente da Associação Brasileira de Gestão Cultural, Luiz Carlos Prestes Filho, e o presidente da União Brasileira de Compositores (UBC), Fernando Brant. Após as exposições e discussões, o público poderá conferir shows com a dupla de violonistas Cláudio Moura & Pepê e o grupo Fim de Feira, no sábado, e com o flautista Ciano e o tecladista Dudu Alves (membros do Quinteto Violado), no domingo. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas por meio do site www.barrosmelo.edu.br. Membro do Fórum Europeu de Músicas do Mundo, Taubkin (uma das atrações do Olinda Jazz Festival, amanhã), comanda no primeiro dia a palestra Distribuição Musical, que antecede a discussão sobre A Música na Educação, com Bento, que aborda a importância da música praticada nas diferentes regiões do País e a necessidade de se buscar meios de promover seus estudo, produção, profissionalização e desenvolvimento. No domingo, Prestes Filho, autor dos livros Economia da cultura: a força da indústria cultural no Estado do Rio de Janeiro e Cadeia produtiva da economia da música fala sobre sua experiência como pesquisador do setor da economia da cultura. Depois, é a vez de Brant, militante contumaz em defesa dos direitos de autor, discorrer sobre este assunto que é um dos mais controversos na área musical no Brasil. Além de Olinda, este ano será realizado um outro Pré-Acorde, em Belém, além da edição nacional, na capital gaúcha, de 24 a 29 de novembro. A previsão é que, em 2009, sejam promovidos evento compactos em seis Estados.

voltar