Inscrições abertas para a Agenda de cursos no Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães



Com o objetivo de aproximar o público do universo das artes visuais e outras linguagens artísticas, o Museu de  Arte Moderna Aloisio Magalhães - Mamam, através da parceria com artistas, curadores e arte/educadores, oferece cursos (práticos e teóricos) ainda nesse primeiro semestre de 2019.
Serão oferecidos cursos e oficinas (pagos e gratuitos) sobre temas diversos – curadoria, iluminação, criação artística contemporânea, saberes indígenas, oficina de bordado, de mediação cultural e performance. Dois tipos de bolsa são disponibilizadas no momento das inscrições, a bolsa Social e a de Autodeclaração para candidatas e candidatos indígenas e negros.
Para o curso de iluminação, da produtora Natalie Revoredo, será oferecida ainda uma bolsa para mulheres trans. “A proposta é democratizar ainda mais as ações do museu, incitar a cadeia produtiva de cultura na cidade, a troca de sabores entre o público e artistas e arte/educadores de diversas regiões e também a formação em artes visuais”, explica Rebeka Monita, Gerente de Projetos e Programação do Mamam.
Só este ano o Mamam já ofereceu oficina de Monotipia, de vivência em dança afro e serigrafia artesanal. As artistas Ana Lira, Virginia de Medeiros e Flávia Pinheiro são algumas das mulheres que realizarão os cursos, firmando essa parceria com o Mamam.
Informações:
Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães
Telefone: 3355-6870/6872
educmamam@gmail.com – Nathália Vieira

Serviço:
Curso Estratégias de Curadoria em tempos de Catástrofes, com Wagner Nardy  (inscrições abertas – valor R$ 200,00)

Inscrições pelo SYMPLA https://www.sympla.com.br/estrategias-de-curadoria-em-tempos-de-catastrofes__501586
27 E 28 de abril
Público-alvo: Profissionais e liberais da área de Belas Artes, artistas, interessados, colecionadores, colaboradores e comunidade em geral – acima de 15 anos.
O curso Estratégias de Curadoria em tempos de catástrofe  pretende abordar a origem, o posicionamento atual e o engajamento do oficio curatorial no campo das Artes Plásticas como instrumento de transformação, inclusão e sedimentação cultural. Ainda pretende abordar temas inovadores apresentando ao público personagens e eventos imprescindíveis enquanto discute o papel da Curadoria em tempos de instabilidade e transformação.

OBS: O curso será viabilizado caso atinja o número mínimo de inscritos.

Quando?
27 e 28 de abril.
Horário: 27 de abril - 10h às 18h. 28 de abril - 10h às 13h

Conteúdo programático:
1.
Introdução;
Origem;
A questão Curatorial;
Breve Historia da Curadoria.

2.
Walter Hopps;
Harald Szeemann;
Frederico Morais;
Projetos Curatoriais;
A questão das fronteiras (artista/instituição/poder publico/curador/comunidade).

3.
Curadoria na Contemporaneidade;
Curadoria como instrumento de promoção cultural e inclusão social;
Complexidades na relação Curador/Artista;
A posição crítica na questão da formação de público.

4.
Discussão do modelo curatorial na atualidade;
Curadoria x Curadoria Institucional x Curadoria Política;
Os Curadores (exercício do “mainstreaming”);
O discurso curatorial ou estratégias de curadoria em tempos de catástrofes.

5.
Final - Visita discursiva a uma exposição curada com comentários e participação da turma.

 
Oficina: Vivência Curumim (inscrições abertas – gratuito)
Ministrante: Ziel Mendes
04 de maio – 15h
Adultos e crianças em parceria de criação – a partir de 05 anos
GRATUITO

Sob a perspectiva da criança como um agente ativo na aprendizagem, capaz de entenderem e conviverem harmoniosamente com as diferenças e diversidades existentes na nossa sociedade, a oficina tem como objetivo promover uma experiência artística relacional com o espaço ocupado, com o imaginário, com os saberes das crianças e culturas indígenas no Brasil, com ênfase nos povos do Nordeste. A partir de uma abordagem lúdica e Inter étnica as crianças irão ampliar seus conhecimentos sobre as vivências, contos e cantos, rituais e expressões que cercam os povos indígenas, em especial a respeito do grupo étnico Karapotó.

Inscrições: 01 adulto + 01 criança no e-mail do educmamam@gmail.com


Oficina Bordado Botânico (inscrições abertas – R$110,00)
Inscrições e links para concorrer as bolsas pelo SYMPLA:
https://www.sympla.com.br/oficina-de-bordado-botanico__501677

Na oficina Bordado Botânico, os participantes experimentarão o bordado livre inspirando-se nas tramas e formas das folhas presentes, buscando a ativação dos sentidos corporais, iniciando com a percepção visual. A atividade idealizada pelo Plante Uma e Cobertor de Linha incorpora no desenho/rascunho as formas reais e imagéticas na reprodução das plantas em seus bastidores. Os participantes experimentarão com seus materiais de apoio os pontos iniciais em preenchimento e contorno do bordado, podendo abstrair para além da proposta de releitura.
11 de Maio - 09:00 ás 13:00
Público-alvo: adultos e jovens a partir dos 15 anos.
OBS: O curso precisa atingir o número mínimo de participantes para acontecer
Sobre o curso:
O curso apresentará o bordado de forma simples, reproduzindo folhas e plantas com seus preenchimentos, contornos e tons, possibilitando assim o trabalhar do bordado não só com as linhas, mas com as formas presentes incorporadas ao produto final.
Sobre o Ministrante:
Bacharel em Artes Visuais, formado pela Faculdades Integradas Aeso Barros Melo. Arte-educador, ilustrador, performer, fotógrafo, experimentador das artes têxteis.

Mediação Cultural e processos contemporâneos artísticos, com Mariana Ratts (inscrições abertas – R$100,00)
08 a 10 de maio – 14h às 18h

Para formentar o debate sobre mediação cultural, sobretudo em espaços expositivos de artes visuais, em três dias de encontro a oficina de Mediação cultural e processos contemporâneos artísticos, irá realizar fundamentações acerca de tais questões com os participantes, pretendendo também desencadear o diálogo sobre o trabalho do educador e suas práticas, debatendo sobre processos artísticos, educativos e curatoriais e indo à fundo também sobre o ensino de artes visuais nos museus e exposições, apresentando conceitos como: experiência, colaboração e participação. Para fechar com chave de inspiração, será realizado laboratório de meditação para completar todo o ciclo de entendimento sobre Mediação cultural e processos contemporâneos artísticos .
Público-alvo: Interessados/as em artes, patrimônio e cultura, estudantes de artes, educadores de museus, gelerias e centros culturais, professores de a e demais agentes envolvidos na cadeira produtiva de Artes Visuais

Link para compra de ingressos e para preenchimento das bolsas - disponíveis até 02 de maio:
https://www.sympla.com.br/oficina-de-mediacao-cultural-e-processos-contemporaneos-artisticos__501659

Curso ILUMINAÇÃO CÊNICA PARA MULHERES - Empoderamento dos termos técnicos na prática artística, com Natalie  Revorêdo. (inscrições abertas – R$200,00)
27 a 31 de maio, 15h às 18h.
Público-alvo: Mulheres, a partir dos 18 anos.

A oficina, ministrada por Natalie Revorêdo, propõe lucidar, unir e fortalecer as mulheres no universo técnico dos trabalhos artísticos - espetáculos, shows e afins. Permitindo e abrindo caminhos para que as mulheres possam transitar com mais confiança pelos termos técnicos em uma produção. Construindo leques de possibilidades e facilitando o fazer artístico, onde a comunicação entre os/as artistas - equipe técnica e a técnica entre si, seja mais direta e fluida.

O mercado artístico necessita de mulheres (Cis, trans, diversas) com autonomia para debater com a técnica de cada espaço que possa encontrar, mulheres com entendimento para expor e agir de maneira prudente e explícita suas ideias, onde reverberam segurança nos seus fazeres e consigam assumir responsabilidades artísticas que sejam somadas com o saber dos aparatos técnicos e estéticos da luz. Pois a intenção é facilitar acessos e tornar o processo de criação algo mais coletivo, dialogável.

Pontuo com exatidão que a ideia central da oficina é facilitar a comunicação entre as artistas e a técnica, entendendo-se que a interseção disso é a arte. E porque não desabrochar alguma para a profissão artística da luz, local de todos e todas.

A oficina oferece três tipos de bolsas - de Autodeclaração, Bolsa Social e Bolsa para mulheres trans, que terão inscrições abertas até 20 de maio via formulário do Google, sendo posteriormente liberadas mediante análise da ministrante.

Natalie Revorêdo é pesquisadora e curiosa sobre o universo do corpo, do movimento e da iluminação, se desenvolve buscando sempre o corpo e o movimento como mote para as criações de luz e vice versa. É iluminadora cênica, graduada em dança pela Universidade Federal de Pernambuco, faz parte do Farol – Atêlie de luz, foi indicada e premiada em festivais locais e integra a equipe do Sonora Olinda desde 2017.

Serviço:
27 a 31 de maio - 15h às 18h
Link para compra de ingressos e para acesso as bolsas:
https://www.sympla.com.br/oficina-de-iluminacao-cenica-para-mulheres-empoderamento-dos-termos-tecnicos-na-pratica-artistica__503635 
Curso Envolvimentos emocionais e processos criativos, com Virgínia de Medeiros
05, 06 e 07 de junho. (inscrições a partir de maio – R$250,00)
Inscrições pelo SYMPLA (link nas redes sociais do Mamam)
Público-alvo: artistas e estudantes de arte.

A partir da perspectiva prática vinculada a sua própria trajetória, Virginia de Medeiros, debaterá sobre o processo criativo através das relações de afeto e sua constante transformação por causa das alteridades que congregam. O foco da oficina é debater no coletivo os envolvimentos emocionais no desenvolvimento do processo criativo dos inscritos.
Oficina: Experiência prática com tinta crepom.
Ministrante: Mayele Maria Oliveira. (inscrições a partir de maio – gratuito)

08 de junho – 15h
Adultos e crianças em parceria de criação – a partir de 05 anos
GRATUITO

Através da experimentação do corte e manuseio do papel crepom a oficina tem o objetivo de trazer uma autonomia e aprendizagem do fazer artístico de crianças de 6 a 8 anos a partir da utilização de materiais específicos, conduzindo a pequenas experiências com o papel crepom e a tinta proveniente do mesmo material, e trazendo referências artísticas importantes para a história das Artes Visuais.

Inscrições: 01 adulto + 01 criança no e-mail do educmamam@gmail.com
Oficina de Cultivo de plantas em vasos, com Ítalo Vidal (inscrições a partir de maio)
15 de junho, 9h às 12h30.
Inscrições pelo SYMPLA (link nas redes sociais do Mamam)
Público-alvo: Interessados em jardinagem; Adolescentes; Jovens; Adultos; idosos; Pessoas a partir dos 15 anos.

A Oficina de Cultivo de Plantas em vasos irá capacitar aqueles que desejam trazer o verde para dentro de casa apresentado a dinâmica de cultivar plantas em vaso.
Durante a atividade serão apresentados os diferentes tipos de substrato, vasos, técnica para produzir mudas e adubar as plantas, principais pragas e doenças, as variações de luminosidade e de rega, por meio de atividade prática. Cada participante irá realizar o plantio de uma planta em um vaso percebendo as etapas do processo de plantio e manutenção das plantas.

Curso Tecnologias de gênero: mulheres em performance, com Flavia Pinheiro (inscrições a partir de maio – R$180,00)
17 a 21 de junho, 14h às 18h.
Inscrições pelo SYMPLA (link nas redes sociais do Mamam)
Público-alvo: A partir dos 16 anos.

O curso propõe revisar algumas criações  de mulheres feministas na arte da América Latina e um conjunto de trabalhos que introduzem formulações radicais. O curso será baseado na análise de casos específicos, na reconstrução de momentos históricos e na análise intensiva de um conjunto de obras, principalmente de mulheres artistas, mas não exclusivamente. Qual é a relevância das criações contemporâneas que performam o feminino? As performatividades de gênero e o discurso /ação em relação com a criação de contextos realidades/ ficções de um corpo político: Mulheres e agora? O que ficou da performance?

ENTRADA PRINCIPAL:
Rua da Aurora, 265 Boa Vista – Recife – PE CEP 50060-010
ENTRADA 2:
Rua da União, 88, Boa Vista – Recife – PE CEP 50050-015

55 81 3355-6871
Terça a sexta: das 12:00 às 18:00
Sábados e domingos: das 13:00 às 17:00

voltar