Pódio Pernambuco encerra temporada e premia atletas



Cerimônia acontece a partir das 19h desta terça-feira (11), no Teatro de Santa Isabel, área central do Recife

Após muita ralação, suor, lágrimas e comemorações, os profissionais do desporto pernambucano trocam seus trajes por roupas de gala para a cerimônia do Pódio Pernambuco, evento que propõe uma confraternização entre atletas, técnicos e gestores e também premia os destaques da temporada que está terminando. A festa acontece no Teatro de Santa Isabel, área central do Recife, a partir das 19h desta terça-feira (11), e terá as participações especiais do grupo de dança do Compaz do Alto Santa Terezinha e da cantora Ally, recifense que participou do The Voice Brasil.

Todas as federações esportivas tiveram a missão de apontar seus destaques à secretaria executiva de Esportes do Estado, realizadora do Pódio Pernambuco. A partir dessas indicações, uma comissão da pasta selecionou aqueles que sobressaíram para concorrer aos prêmios de melhor atleta, paratleta e treinador. A votação final ficou a cargo de jornalistas e cronistas esportivos.

Neste ano, concorrem na categoria atleta Filipe Silva (futebol de areia), Leonardo D’Agostin Sant’Ana (judô) e Maria Grasielly Brasil (handebol). O primeiro é multicampeão com a seleção brasileira da modalidade, além de ter levantado os troféus da Euro Winners Cup, com o Braga, de Portugal, e a Copa do Brasil, com o Sampaio Corrêa/MA. Leonardo, por sua vez, foi novamente campeão brasileiro escolar de judô, mas conquistou também o mundial, além de ter sido campeão brasileiro, sul-americano e pan-americano. Já Maria Grasielly foi campeã nos Jogos Escolares da Juventude e faturou ainda títulos sul-americano e pan-americano.

Entre os paratletas, concorrem João Ivson (tiro com arco), Jeohsah Beserra (salto em altura) e Lucas Carvalho (tênis de mesa). João Ivson foi campeão brasileiro, terceiro colocado em dois eventos das Américas e campeão no 4FH Fazza Para Archey World, em Dubai. Jeohsah, campeão brasileiro, foi vice no Mundial Juvenil e tem a segunda melhor marca do ano na sua prova. Já Lucas é campeão brasileiro e da Copa Nacional, além de ter sido quinto colocado no Mundial de Tênis Mesa Paralímpico e figurado no pódio de etapas do Circuito Mundial.

Os finalistas entre os melhores técnicos do ano são Cristiano Rocha, treinador da equipe de handebol do Clubes Português/Aeso e auxiliar da seleção brasileira olímpica, Paulo Matos, da Associação Atlética Unicap, um dos responsáveis pela preparação de Lucas Carvalho, e Abraão Nascimento, veterano do atletismo pernambucano. Os demais destaques por modalidade também serão condecorados durante o evento desta noite.

voltar