Foto: Felix Robatto/Divulgação

Curso de Produção Fonográfica recebe guitarrista Félix Robatto


Institucional
fevereiro. 04, 2015

O projeto acontece no dia 05 de fevereiro

A mistura de Pernambuco com Pará. Da cultura africana com a indígena. De alunos com profissionais renomados. Esse vai ser o tempero do encontro com o guitarrista, percussionista e pesquisador da música Latino-Amazônica, Felix Robatto, aqui na Aeso-Barros Melo, no dia 05 de fevereiro.

O projeto, pensado pelo curso de Produção Fonográfica, em parceria com a instituição, consiste no encontro entre a banda Dirimbó – grupo pernambucano que apresenta influências dos estilos paraenses –  com o guitarrista. Na ocasião, os músicos vão gravar seis músicas (2 da banda, 2 de Robatto e 2 de escolha livre) e todo o processo vai ser filmado. “Vamos produzir um making off no almoço entre os artistas antes da gravação, no formato de seis webclipes e também um vídeo contendo o ensaio inteiro e entrevistas.”, comenta o coordenador do curso, Ricardo Maia.  

Além das atividades com a Dirimbó, o artista ainda bate um papo com alunos, profissionais da área e demais interessados, sobre a cena músical. A palestra acontece na Videteca I da faculdade, às 11h.  

Fazem a banda: Rafael Lira - Vocal; Milla Bigio - Vocal e Percussão; Vitor Pequeno - Guitarra; Mario Zappa - Baixo; Bruno Negromonte – Percussão; Alberto Ramsés – Bateria

Felix Robatto - Em 2004, fundou a banda La Pupuña que circulou não só pelo Brasil, mas também pelos Estados Unidos e Europa, apresentando a “guitarrada progressiva”, mistura do estilo paraense a influências como surf music e psicodelia. O músico realizou, em 2007, o inusitado projeto “The Charque Side of the Moon”, releitura com gêneros amazônicos do clássico “The Dark Side of the Moon” do grupo inglês Pink Floyd. Produziu a banda da cantora Gaby Amarantos no primeiro CD da artista, o Treme, lançado em 2011 e indicado ao Grammy Latino 2012 na categoria Melhor Álbum de Música Regional ou de Raízes Brasileiras. O mais novo CD da cantora Lia Sophia, que tem agradado a crítica especializada, também foi produzido por ele, além da direção musical do primeiro DVD do Mestre Vieira (Mestre Vieira – 50 anos de Guitarrada), o criador e principal compositor de guitarradas. Atualmente está trabalhando no lançamento do seu primeiro disco.

aeso - barros melo - alunos no mercado - encontro - carimbó - dirimbó - Felix Robatto - guitarrista -

voltar