AESO - Faculdades Integradas Barros Melo

Print de tela do “Viva, Hugo!”

Jogo idealizado por aluna da AESO-Barros Melo orienta gestantes e pais de recém-nascidos


Design Gráfico
julho. 22, 2019

“Viva, Hugo!” chama atenção para cuidados na primeira infância

Toda mulher certamente já escutou a frase: "No dia em que você for mãe, vai saber como agir". Apesar disso, quando acontece a primeira gestação é comum surgir o medo de que a intuição não seja o suficiente, inclusive para os papais, afinal, são tantas as dúvidas: o que as grávidas não podem comer durante a gravidez? Qual o intervalo correto para cada amamentação? Como posso fazer a higiene do bebê corretamente?

A boa notícia é que isso tudo se aprende, e não apenas com a prática. Pensando em diminuir os índices da mortalidade infantil, a aluna do 4º período do curso de Design Gráfico da AESO-Barros Melo, Maki Mochizuki, desenvolveu o game “Viva, Hugo!”, aplicativo que tem como objetivo conscientizar e orientar as mamães, e pais de recém-nascidos, do quanto são importantes os primeiros cuidados com os pequenos, garantindo a boa saúde dele e conforto à família de forma fácil e divertida.

Conforme dados de 2018 do Fundo de População das Nações Unidas (Fnuap), a taxa de mortalidade infantil no Brasil é de 22 para cada mil nascidos. Nas nações desenvolvidas economicamente, como a Suécia, Noruega e Cingapura, esse número cai para médias inferiores a três mortes para cada mil: “Entre as principais causas estão a falta de assistência e de instrução às gestantes, por isso, criei o design do "Viva, Hugo!", aplicativo que ajuda os pais de primeira viagem a evitarem erros que acontecem e, infelizmente, podem ser fatais”, comenta a estudante. 

Para iniciar o projeto, a estudante pesquisou sobre os problemas que causam o falecimento prematuro de bebês e crianças. Feito isso, os incluiu em fases do game, para que o jogador identificasse cada situação e soubesse como realizar a prevenção corretamente. Entre os casos, está a má alimentação, a falta de higiene da criança e o perigo da picada do mosquito da dengue para os pequenos e as mamães, estas na fase gestacional. O jogo consiste em quatro etapas, que vão desde a gravidez até Hugo, o personagem, completar cinco anos. No momento, as telas e a marca do aplicativo estão finalizadas, mas o game ainda não está disponível, pois, segundo a aluna, precisa ser animado e desenvolvido. 


Entenda o jogo

Fase 1 - Tem o objetivo de conscientizar às gestantes sobre a importância de ingerir alimentos ricos em vitamina durante a gravidez.

Fase 2 - É o primeiro mês de vida de Hugo (o personagem). Nesta etapa, o jogador aprende a alimentar, utilizar o carinho de forma correta, higienizar e cuidar da saúde do bebê.

Fase 3 - Fala a respeito do mosquito da dengue, como forma de alertar para o perigo dele.

Fase 4 - Condução de Hugo até a escola. Tem o objetivo de orientar o que a criança deve levar de material para as aulas.

aeso - barros melo - design gráfico -

voltar