AESO - Faculdades Integradas Barros Melo

Turma do 7º período de Publicidade e Propaganda na final do Inter7 (Foto: Renata Siqueira)

#repercurteAESO Inter 3, 5 e 7: a união de disciplinas para um trabalho único


Jornalismo
junho. 20, 2019

Os alunos de Publicidade e Propaganda apresentaram o desafio interdisciplinar, mostrando, na prática, o que aprenderam em sala de aula

Por Larissa Cavalcante e Fernanda Machado*

Na última semana de maio, os alunos do 3º, 5º e 7º período do curso de Publicidade e Propaganda das Faculdades Integradas Barros Melo (AESO) apresentaram os resultados dos desafios interdisciplinares, intitulados Inter3, Inter5 e Inter7, correspondentes ao nível de cada um. Essa dinâmica, de unir várias disciplinas e por em prática o que é visto em sala de aula, acontece desde 2017. O objetivo é aproximar os acadêmicos da vida profissional.

O Inter3 e o Inter5 são apresentados durante as aulas, para os colegas e professores. Já o Inter7, por ser no último período do curso, acontece em formato de evento, com uma banca de convidados e clima de competição .Este ano, pela primeira vez, o 3° período pôde realizar o trabalho fazendo uma campanha publicitária para um cliente real: a marca de roupas Dih Rabelo. A classe se dividiu em duas equipes e cada uma apresentou o job de uma agência fictícia. Mayra Waquim, coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda e orientadora do Inter3, contou que a turma fez planejamentos satisfatórios.”Eles eram afinados e consistentes, de acordo com a realidade do cliente” ressaltou. O aluno Rodrigo Soares considera a experiência de participar do Inter3 algo incrível. “Eu sabia a teoria das matérias, mas o projeto interdisciplinar é a prática pura”, disse.  

O tema do desafio Inter5, por sua vez, era um produto ou serviço que envolvesse acessibilidade. O projeto das equipes estavam ligados à solução de uma empresa para algum tipo de deficiência, com o objetivo de promover a inclusão.  Alguns alunos aproveitaram marcas já existentes e propuseram novos meios de atuação para elas. 

O desafio para o 7º período foi mais trabalhoso, já que eles tiveram como missão criar uma agência experimental e trabalhar soluções eficazes para um cliente real. A proposta era atrair o público acima de 60 anos para o Grisi Studio de Beleza, um salão localizado em Boa Viagem. “Eles visitaram a cliente e, inclusive, conversaram com ela no coquetel de lançamento, realizado na faculdade, em abril”, explicouRossana Nanuska, uma das professoras orientadoras do Inter7.

A classe se dividiu em seis grupos, que criaram agências experimentais: Balaio Comunicação, Cuzcuz Criativo, Híbrida, Shinobi, Winx e 5 Comunicação. Os universitários montaram vários planos de comunicação e marketing e apresentaram para a comunidade acadêmica e profissionais do mercado. Estiveram presentes Cynthia Carvalho, da Agência Um; Newton Neto, da Aporte; e Ricardo Lira, da agência 220 e ex-aluno da faculdade. A agência Balaio foi a vencedora do desafio e ganhou uma visita ao Carvalheira na Fogueira, para acompanhar de perto a equipe técnica do evento.

Os estudantes Elias Júnior e Lenice Soares contaram que o projeto deles teve, pelo menos, 80% de levantamento de dados. “Eu abordei uma senhora na rua, conversei com a avó de uma amiga, tudo para ter o maior número de informações possíveis”, comenta o primeiro colocado.  A Cuscuz Criativo ficou em 2º lugar e a 5 Comunicação em 3º.  Para Mayra Waquim, todos são vencedores. "Todos eles enfrentaram desafios”, considerou. Durante o evento, houve apresentação da cantora Flavy, aluna de Produção Fonográfica da FIBAM, e do grupo Os Muleke do Passinho.

*Texto colaborativo do Laboratório de Jornalismo da FIBAM.

repercurteaeso - colaboração -

voltar