AESO - Faculdades Integradas Barros Melo

Acervo Pessoal/Divulgação

Websérie “Quem eu sou” debate a transexualidade com histórias de superação


Publicidade e Propaganda
dezembro. 01, 2016

Projeto desenvolvido por alunos de Publicidade e Propaganda da AESO-Barros Melo busca ampliar o conhecimento da sociedade e o debate sobre direitos e respeito

Transexuais, pessoas reais, histórias marcantes, problemas vencidos e obstáculos diários ultrapassados. Esse é o contexto da websérie “Quem eu sou”, criada por alunos do 6º período do curso de Publicidade e Propaganda das Faculdades Integradas Barros Melo-AESO. Instigados a estimular o seu senso crítico e a cidadania, os estudantes Artur Costa, Ana Laura Veloso, Gabriella Aprígio, Gabriel Nogueira, Larissa Medeiros, Leandro Cavalcanti, Mariana Medeiros, produziram o material com o objetivo de desconstruir preconceitos que existem sobre a transexualidade. 

A websérie "Quem sou eu" estreia com seis episódios, cada um com uma média de 10 minutos. A ideia surgiu numa atividade de sala aula para a disciplina "Oficina de produção de campanhas publicitárias". São seis protagonistas, seis histórias diferentes, combatendo o mesmo vilão: o preconceito. Victorio Leão é um dos personagens. Ele tem 26 anos, é transgênero e relatou que a ignorância da sociedade sobre o tema existe pela falta de informação e um projeto como esse ajuda no reconhecimento dos direitos dos transexuais.  “É importante levar para as pessoas a nossa luta, nossas vidas, nossa existência, pois existimos e precisamos ser reconhecidos”, afirma Leão.

O projeto também está presente no Facebook e no Instagram com informações complementares, fatos rotineiros e direitos que os transexuais possuem como cidadãos. “Não pretendemos mudar a opinião das pessoas sobre a forma como cada um se identifica, mas queremos conscientizá-las de que os direitos existem para todos e que o respeito deve ser exercido diariamente”, explica a aluna Mariana Alves.

Segundo Paula Dias, professora orientadora do projeto, essa oportunidade gera aprendizados que vão muito além do passo a passo até a campanha publicitária na rua. Ensina o comprometimento com uma causa maior e o papel do professor é ampliado, lembrando aos alunos não apenas o trabalho acadêmico em si, mas um dos reais objetivos da comunicação: dar visibilidade e gerar engajamento com temas de relevância social. “Fica a sensação de que é possível aprofundar a reflexão sobre temas de interesse coletivo e que esta prática pode ser uma forte arma para a conscientização dos universitários, principalmente os futuros profissionais da comunicação, de que a sua função é de extrema valia para motivar as mudanças sociais tão necessárias atualmente”, afirma a professora.

A websérie foi feita no formato documentário, apenas com depoimentos dos personagens. Os episódios são publicados no canal do projeto "Quem eu sou" no Youtube e replicados na página homônima do Facebook.

 

aeso - alunos no mercado - barros melo - Publicidade de Propaganda -

voltar