Notícias

{Direito} 31.03.2017

Professora da AESO-Barros Melo conclui pós-doutorado

Pesquisa foi realizada no programa de parceria da PUC SP, Universidad de Manizales e Colégio da Fronteira Norte

Entre os mestres: Valenzuela (COLEF - México), Sara Victoria (CLACSO), Jorge Ivan (Uni. Manizales - Colômbia), Pablo Vomaro (Uni. Buenos Aires - Argentina) e Silvia Boreli (PUC SP- Brasil)

A carreira acadêmica é dividida em estágios. Do ensino fundamental à graduação, os alunos que almejam seguir a carreira academia se dedicam, estudam, engajam em pós-graduações, mestrados e por último o doutorado. A professora do curso de Direito das Faculdades Integradas Barros Melo, Vanessa Pedroso, foi além e acaba de concluir o pós-doutorado na área de Direito Penal.

Desde o mestrado, a docente estuda sobre exploração sexual e tráfico de seres humanos, no pós-doutorado o tema da sua pesquisa foi “A exploração sexual de meninas na tríplice fronteira entre Brasil Colômbia e Peru”. A tese foi produzida pelo auxílio de um programa que reúne três universidades, a PUC São Paulo (BR), Universidad de Manizales (COL), Colégio da Fronteira Norte (MEX), que desenvolvem trabalhos na área de ciências sociais com especialidade em criança e adolescentes. O programa e as pesquisas são apoiadas pelo Conselho Latino Americano de Ciências Sociais, a Rede CLACSO (essa frase não tem sentido. Revise o texto antes de enviar).

Ao longo dos anos de estudos, Vanessa pesquisou sobre temas ligados à vulnerabilidade e gênero. “Eu finquei esforços em estudar o tráfico de seres humanos para exploração sexual e agora no pós doutoramento, senti essa necessidade de continuar dentro desse tema. Não somente num aspecto legislativo, dogmático, mas partir para outros campos, por isso escolhi a área de ciências sociais”, comenta Vanessa Predoso.

Para os alunos que almejam seguir a carreira acadêmica,  “é necessário controlar a ansiedade, vejo muito hoje em dia os alunos com muita ansiedade. A inquietação de que a vida tem que dar certo, de que tudo tem que acontecer, de estar na frente de todo mundo. Eu acho que não, devemos aproveitar um momento de cada vez. Estar aqui na universidade, aproveitar o curso e fazer amizades. É seguir o desígnios que a sua carreia vai te colocando, vencer as barreiras colocadas, sem ansiedade. O que é seu vai acontecer porque vai acontecer, é só plantar boas sementes” finaliza.

[Aeso] [Barros Melo] [Vanessa Pedroso] [Pós-doutorado]

voltar
  • Compartilhe