Curso de Jornalismo debate os avanços e desafios da profissional no mercado


Jornalismo
março. 04, 2022

Palestra é alusiva ao mês da mulher

Onde estão as mulheres jornalistas no Brasil? Que lugar ocupam? Vemos uma crescente violência contra as profissionais numa esfera global, de acordo com as particularidades de cada território, e por aqui não é diferente.

Pensando nisso, o curso de Jornalismo da UNIAESO promove a palestra “A jornalista no campo profissional: avanços e desafios” para marcar o mês alusivo ao gênero. Será no dia 09 de março, a partir das 9h20.

As convidadas do evento são: Samira de Castro, que discutirá “Como e onde estão as mulheres jornalistas no Brasil”; e Jadeanny Arruda, que traz à tona o tema “A violência de gênero contra mulheres jornalistas no Brasil”. A coordenadora do curso de Jornalismo, Nataly Queiroz, media o encontro, debatendo o lugar das mulheres jornalistas na atualidade.


CONFIRA O CRONOGRAMA:

9h30: Abertura - Pensando o lugar das mulheres jornalistas na atualidade (Mediadora)
9h45: Samira de Castro (Como e onde estão as mulheres jornalistas no Brasil)
10h05: Jadeanny Arruda (A violência de gênero contra mulheres jornalistas no Brasil)
10h25: Debate
11h: Encerramento


SOBRE AS CONVIDADAS

Jadeanny Arruda é Mestranda pelo Programa de Pós-graduação em Estudos da Mídia (PPgEM/UFRN) na linha de pesquisa Estudos da Mídia e Práticas Sociais. Bacharel em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela mesma instituição. Membro do Grupo de Pesquisa Pragmática da Comunicação e da Mídia (Pragma/UFRN/CNPq). Desenvolve pesquisas na área da Comunicação Midiática, com ênfase nas temáticas: Violência de gênero no jornalismo; História de vida e memória nos estudos da mídia; Jornalismo literário e Narrativas de mulheres.

 Samira de Castro é Graduada em Jornalismo pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Redatora da Editoria de Reportagem do jornal Diário do Nordeste, onde trabalha desde 1997. Freelancer do site “Brasil Popular”. Figura no ranking dos Jornalistas mais premiados da História, do Jornalistas & Cia. Presidenta do Sindicato dos Jornalistas do Ceará (2011-2013, 2013-2016, 2016-2019) e 2ª VicePresidenta da Federação Nacional de Jornalistas (2019-2022) e integra a Comissão de Mulheres da FENAJ. Foi titular do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos do Ceará por dois mandatos.

 Nataly Queiroz é jornalista, doutora em comunicação pela UFPE e professora da Uniaeso.


Jornalismo -

voltar

Nós usamos cookies

Eles são usados para aprimorar a sua experiência. Ao fechar este banner ou continuar na página, você concorda com o uso de cookies.  Política de Cookies   Política de Privacidade.
Aceitar